O Movimento de Educação Domiciliar na Alemanha

O Movimento de Educação Domiciliar na Alemanha

por Harvey & Laurie Bluedorn. Copyright 2004. Todos os direitos reservados.

Em setembro de 2004, entrevistamos Sebastian e Kathleen Engelhardt, um jovem casal que educava em casa seu filho na Alemanha, sobre o movimento de educação domiciliar.

Entrevista com o casal Sebastian e Kathleen

Pergunta: Como funciona a Educação Domiciliar na Alemanha? 

Resposta: Os americanos que moram na Alemanha nas bases militares não têm problemas em educar em casa. São os alemães nativos que estão tendo problemas. Atualmente é ilegal para cidadãos alemães optar pelo o homeschool.

A educação domiciliar na Alemanha hoje é como estudar em casa em Iowa (EUA) há vinte e cinco anos – há muitas pessoas que têm o coração voltado para isso, mas se fizerem podem ir para a cadeia. Há cerca de 300 famílias Educadoras hoje. Eu conheci talvez vinte famílias na convenção de homeschooling aqui na Alemanha. As conferências são para tirar a idéia sobre homeschooling – aqui estamos nós, somos públicos, isso é o que fazemos, nos colocam em seus jornais, e começam a discussão. Queremos nos apresentar. As conferências não são tanto para as famílias que ensinam em casa, mas para o público e para a imprensa que querem saber sobre a educação domiciliar. Até mesmo as grandes revistas alemãs captaram a idéia de homeschooling. Havia a família Bauer, por exemplo, que foram despedaçados pelas revistas, mas quando as pessoas escreviam cartas para as revistas e as revistas imprimiam as cartas, as cartas eram favoráveis ​​à educação domiciliar. As pessoas dizem que as escolas públicas são ruins, como você pode proibir as pessoas de procurarem outras opções.

Pergunta: Quais são as perspectivas da Educação Domiciliar na Alemanha se tornar legal?

Resposta: A Europa se desenvolve cada vez mais para se tornar como os Estados Unidos, possuindo instituições que podem governar os estados. A Alemanha e a União Européia concordaram em ter um tribunal de direitos humanos para o qual você pode ir se um país não estiver obedecendo os direitos humanos lá – como um Supremo Tribunal que governa todos os seus estados. Temos dois casos perante o Tribunal Europeu dos Direitos do Humanos. Se este tribunal, independentemente da Alemanha, disser que a Alemanha deve tornar a educação domiciliar uma possibilidade legal para o povo alemão, então a educação domiciliar não poderá ser perseguida – então teremos conseguido. Esperamos que isso funcione. Eles não podem forçar a Alemanha, mas a Alemanha não dirá que não vai obedecer, porque isso faria o tribunal parecer fraco e a Alemanha quer uma União Européia forte. É tudo sobre política no momento.

Pergunta: Por que os alemães têm medo da Educação Domiciliar?

Resposta: Uma das razões pelas quais os alemães temem o ensino domiciliar é porque tem muitos muçulmanos em nosso país e alguns desses muçulmanos usaram a Alemanha como ponto de parada antes de viajar para os EUA para bombardear o World Trade Center em 2001. Os alemães têm medo de ter uma Educação domiciliar muçulmana – eles têm medo do que estão ensinando a seus filhos. Talvez eles estejam ensinando seus filhos a irem buscar seu cinturão de bombas e saírem correndo. Isso é coisa séria. A atividade terrorista está em nosso jornal diariamente e as pessoas estão com medo. As pessoas na Alemanha querem que o governo vigie todas essas pessoas. O pensamento do povo alemão é “Se o governo não o controlar, as pessoas vão à loucura. As pessoas são apenas uma grande massa – não temos cérebro”. Você nunca seria capaz de convencer um alemão de que uma arma deveria ser dada às pessoas. As pessoas crescem na Alemanha e desde criança confiam no governo para fazer tudo por você. 

Pergunta: Por que é permitido o Ensino domiciliar nos outros países europeus e não na Alemanha?

Resposta: Quanto mais penso nisso, mais percebo que é tudo sobre cultura. Quando você olha para a história da Alemanha, você pode entender isso. Hoje, se eu tivesse que pendurar uma bandeira alemã na minha casa, as pessoas diriam que eu sou nazista. Você não pode fazer isso. Nosso hino tem três versos. Você não pode cantar dois deles porque eles são muito patrióticos. Alemanha sobre  tudo. [Deutschland Uber Alles] Você não pode cantar isso. Fomos massacrados muitas vezes. Após a segunda guerra mundial, os Estados Unidos estabeleceram na Alemanha Ocidental muitas instituições que manteriam um governo forte que controlaria a massa de pessoas para não deixá-las voltarem a serem ruins. Essa mentalidade ainda está lá, ainda está funcionando. Ainda estamos nessa forte mentalidade institucional que controla o pensamento das pessoas e as pessoas não conseguem mudar disso. E o governo não vai desistir do poder. 

Pergunta: Qual é a mentalidade da Alemanha de que isso excluiria o conceito de Educação domiciliar? 

Resposta: O capitalismo, o socialismo e o comunismo têm significados totalmente diferentes na Alemanha do que aqui EUA. Ele está associado a sentimentos e emoções diferentes do que apenas um governo forte, assistência médica universal, igualdade de todas as pessoas e atendimento universal da dívida. No momento, a Alemanha está realmente dividida: na Alemanha Oriental, os socialistas da extrema esquerda são 23-25%, enquanto na parte ocidental da Alemanha é de cerca de 2%. Nós temos muito desemprego. As pessoas querem voltar a uma nação onde todos têm o direito constitucional de trabalhar, o que significa que o governo garante que todos poderão trabalhar. Haverá  emprego para todos. E se você tiver um emprego em tempo integral, mesmo que o trabalho seja para você ficar sentado e se eu não tiver trabalho então dividimos o seu trabalho – você faz metade do trabalho e eu faço metade do trabalho. 

Pergunta: O que você acha disso? 

Eu não acho que isso seja bom. Eu vivenciei um pouco essa [formação governamental direta de empregos], e meus pais não são a favor disso, mas muitas pessoas, que agora estão quase sem dinheiro, querem voltar a essa situação em que todos podem trabalhar. Eu não quero voltar lá porque eu acho que liberdade de pensamento, liberdade de religião – o que eu vejo aqui na América – é uma coisa valiosa que eu não quero trocar por nada.

A vantagem de um país capitalista é que ele não precisa distribuir o dinheiro. No socialismo, você tem um governo muito forte que regula tudo e eles precisam distribuir o dinheiro. É muito simples dizer que o governo deve me dar dinheiro, o governo deve me pagar, porque tudo que eu faço é para todo mundo e todo mundo é o governo, então eu preciso conseguir o que preciso. Se eu tiver dois, três, quatro, cinco filhos, então vou conseguir o que preciso, mas não mais.

Pergunta: Mentes americanas estão sendo culturalmente condicionadas a aceitar essa mentalidade socialista, mas ainda não chegamos lá. Os americanos parecem idealistas para você?

Resposta: sim. Na Alemanha, você não tem a atitude de “eu luto por algo”. Nós fomos massacrados de mais para ficar em pé, perdemos duas guerras mundiais, tornando-nos excessivamente institucionalizados, tendo um governo forte para regular o país. Demonstrações públicas não são normais. Falar publicamente sua opinião não é normal. Fazer algo diferente do que é esperado não é normal. Liberdade significa algo diferente aqui na América do que na Alemanha. Por exemplo, estávamos ouvindo o rádio no caminho até aqui – era uma discussão sobre ter AK-47 em casa. O cara estava dizendo: “Como o governo pode me dizer, qual arma comprar e o qual não comprar?”. Na Alemanha, você nem estaria tendo essa discussão. Você pensa: “É claro que o governo diz a você o que comprar e o que não comprar. É claro que o governo proíbe. É claro que o governo …” O pensamento nem vem à sua mente. Como o governo pode me dizer qual arma comprar e qual não comprar. Eu realmente gosto desse tipo de liberdade que você tem aqui. As pessoas na Alemanha pensam na liberdade como sendo capaz de conseguir um emprego e conseguir o emprego que você quer, sendo capaz de ligar a TV e obter o canal que você deseja. Liberdade significa não estar na prisão. Isso é o que os alemães acham que liberdade significa. Nós pensamos no governo como sendo o grande ajudante. Claro que o governo entra em tudo, mas também ajuda você. Você ganha muito dinheiro se estiver desempregado. Você não precisa pagar ao médico. Você não precisa pagar por medicamentos. Quando você está aposentado, você ganha muito dinheiro. 

Pergunta: De onde vem todo esse dinheiro? 

Resposta: Os alemães pagam muito imposto. Um galão de gasolina (aprox. 3,8 litros), com todos os impostos, é de US$ 4,50. O lugar onde você mora aqui [dois acres no país com uma casa grande e celeiro], possuir algo como isto seria realmente extraordinário na Alemanha. A maioria das pessoas na Alemanha aluga apartamentos. Possuir uma casa na Alemanha é muito especial. As corporações de imobiliárias possuem muitas propriedades. Pagamos pelo nosso pequeno apartamento US$ 320 por mês, não incluindo as necessidades básicas .

Pergunta: Mudança de cultura é um processo lento. O agente primário da mudança cultural é a linguagem. Na América, eles usam a linguagem para mudar nossa maneira de pensar; redefinem palavras e inventam pequenas expressões como a pró-escolha, que na verdade são enganosas e polêmicas em miniatura no nível subliminar. Então, precisamos aprender a usar a linguagem para revelar a realidade. Todos os alemães acreditam nesta fantasia que afetou a cultura alemã como você descreveu para nós. Você precisa aprender a usar a linguagem de forma eficaz para mostrar a eles quão ilógica é sua fantasia.

Resposta: Estou estudando no momento para ser professora. Claro, que para ser professora de meus próprios filhos algum dia, mas não vou ensinar nas escolas públicas. Nós pensamos muito sobre o que iríamos fazer. Uma coisa em que estávamos pensando era ser escritores e publicar nossos próprios materiais. Mas não sabemos ao certo onde o nosso caminho está nos levando. Estamos orando muito sobre onde nossa visão está nos levando. Nós crescemos onde somos plantados. Primeiro Deus nos planta aqui, e então Ele nos planta lá. Nada é certo para nós agora. No momento estamos na Alemanha – na universidade de Leipzig.

Pergunta: Quão sozinho você se sente sobre essas coisas? 

Estamos à procura de pessoas com ideias semelhantes. É difícil servir a Deus em uma igreja onde você está sempre lutando. Se você não está de acordo com os membros da sua igreja, então você está sempre lutando. Eles nos chamam de americanos em nossa igreja porque nos tornamos tão americanos em nosso pensamento, e eles pensam que somos loucos. Minha igreja não vai nos apoiar em nossa Educação Domiciliar.

Fonte em Inglês: http://bit.ly/2EFpbDW

Traduzido por: Alessandra Martins – mãe educadora

Sobre o autor Ver todos os posts Autor do site

Emerson Almeida

Cristão Reformado, membro da Igreja Protestante Reformada em Joinville (SC), casado com Vanessa Almeida e pai do Eric.

3 ComentáriosDeixe um comentário

  • Muitos de nós pais homeschooler passamos tanto tempo pensando na dificuldade de ensinar nossos filhos no Brasil. Enquanto tem muitas familias pelo mundo a fora com dificuldades muito maiores que as nossas.

  • Esse ano vi uma notícia sobre o Tribunal Europeu ter julgado um caso de uma família homeschooler alemã, e a sentença foi contrária à prática. Será que foi um dos casos que ele cita na entrevista? E se for, quer dizer que as perspectivas do homeschooling na Alemanha estão ainda piores?

    • A atual Alemanha é um país onde o Estado é bem forte. Há um controle muito grande de tudo. Acredito que enquanto partidos de esquerda dominarem a política Alemã, será muito difícil do Homeschooling ser algo “legal”. Apesar de seus países vizinhos terem esta prática em pleno funcionamento (exemplo: República Checa).

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados devem ser preenchidos *