Aprendendo Lógica em Casa

Aprendendo Lógica em Casa

por nbluedorn [Revisado em maio de 2008]

Quando eu tinha 13 anos, meus pais estavam em um dilema. Eles queriam ensinar lógica e habilidade de pensamento para mim, meu irmão e irmãs, mas eles não sabiam como. Nos anos seguintes, meus pais encontraram livros e vídeos de lógica. Alguns foram excelentes. Alguns eram difíceis de usar. Eu tentei juntar a pesquisa deles e a minha própria pesquisa em um sugestão de curso de estudo para Educação Domiciliar.

Para aprender em casa, acho que um livro de lógica precisa ser:

Autodidata – a maioria dos pais nunca aprendeu a lógica, mas os materiais de auto-aprendizagem irão ajudá-los a aprendê-la junto com seus filhos.

A lógica cristã é inerentemente filosófica. Eu acho que é melhor aprender a filosofia da lógica de uma cosmovisão cristã. Textos seculares geralmente incluem correção política. No entanto, os materiais cristãos muitas vezes não são auto-didáticos e são difíceis de entender.

Prática – precisamos de um texto que nos ensine a usar a lógica na vida cotidiana, não aquela que apenas ensina conceitos abstratos. A lógica pode ser realista, ou pode ser como aprender física nuclear.

Pré-lógica para crianças menores de 13 anos

Antes dos 13 anos, acho que as crianças podem se beneficiar de exercícios mentais pré-lógicos. As crianças gostam de classificar formas em classes, conectando palavras com significado semelhante e gostam de saber o que se segue em uma série de coisas. Estudos mostraram que essas atividades desenvolvem o domínio cognitivo na mente de uma criança. Assim como uma criança pratica habilidades de caligrafia para melhorar um pequeno controle motor em suas mãos, o cérebro é como um músculo que se torna mais forte e mais focalizado à medida que é exercitado.

As atividades pré-lógicas são opcionais. Há muito tempo durante o dia e algumas coisas têm precedência sobre outras. Não se preocupe se seu filho sofrerá danos irrecuperáveis ​​porque você nunca se sentou com ele e separou formas em caixas. Obviamente, muitas crianças se saíram bem sem essas atividades especiais. As crianças adoram fazer atividades que as façam pensar, e podem encontrar essas atividades naturalmente por conta própria.

Atividades lógicas

Jogos e atividades cotidianas podem desenvolver os poderes de seu filho para pensar. Por centenas de anos, jogos antiquados como xadrez [Dentro da Plataforma da Educalar temos um curso Básico de Xadrez], dominó e jogos de cartas, como rummy e bridge, têm esticado a mente das pessoas. Jogos modernos como Uno, Rummikub, Scrabble e jogos de estratégia como Risk, são formas agradáveis ​​de exercitar sua mente.

Uma maneira natural de estimular a mente de uma criança é simplesmente conversar com ela. Abra a porta para conversas profundas com o seu filho quando ele é jovem e esse relacionamento continuará por toda a sua vida.

Ler bons livros clássicos em voz alta para as crianças também é bom para suas mentes. Autores como Stevenson, E.B. White, Dickens e Lewis escreveram histórias que davam às crianças uma imagem maior do mundo e as estimulavam a pensar em coisas mais profundas que as superficiais.

A lógica de aprendizado é mais do que apenas usar um currículo de lógica. Abrange toda a vida. Quando falamos de lógica de aprendizado, estamos falando de um estilo de vida de bom pensamento.

Construindo Habilidades de Pensar

Building Thinking Skills (Construindo Habilidades de pensar) é um conjunto de manuais pré-lógicos publicados pela “The Critical Thinking Company” (Companhia de pensamentos Críticos). Esses livros são bem projetados. Eles fornecem uma seqüência divertida e estimulante de atividades que as crianças gostam. Cada página é autoexplicativa. [Não temos este material em Português].

Construir Habilidades de Pensar não é seqüencial. Você pode entrar em qualquer livro que se adapte à capacidade de aprendizado do seu filho. Os manuais do professor incluem as respostas para cada exercício. Minha mãe nos deixou fazer quantas páginas quiséssemos, pular partes quando eram fáceis demais e diminuir a velocidade quando chegávamos em um material mais desafiador.

Se você quiser usar os livros com mais de uma criança, considere o uso de marcadores de apagar a seco em folhas plásticas transparentes colocadas sobre cada página. Isso permite que você limpe a folha e reutilize-a na próxima página. Isso deixa o livro desmarcado para o próximo filho usar. [Ou, se você tiver uma impressora com scanner, pode copiar os exercícios e usar com mais de uma criança].

O Pré e o Livro 1 podem ser usados ​​antes dos 10 anos. No entanto, minha mãe não utilizou as pastas de trabalho conosco antes dos 10 anos, porque elas podem ser uma perda de tempo.

O livro 2 pode ser usado aos 10 anos de idade. O Manual do Professor não é necessário; problemas são fáceis para os pais resolverem.

Livro 3 O de Figuras pode ser usado aos 11 anos de idade. O Manual do Professor é recomendado porque os problemas podem ser desafiadores, mesmo para os pais. As atividades incluem descrever formas e palavras; Seguindo direções; antônimos e sinônimos; analogia; partes de um todo; mapeamento e direcionalidade; conectivos lógicos; dobragem padrão; rastreamento, rotação e reflexão; manipulação mental de objetos bidimensionais; etc.

Livro 3 Verbo pode ser usado aos 12 anos. O Manual do Professor é recomendado. Atividades incluem raciocínio dedutivo; denotação / conotação; Seguindo direções; mapear habilidades; classificação de tempo; grau de significado; conectivos lógicos; fluxogramas; partes de um todo; diagramas de ramificação; analogia; congruência; etc.

13 anos ou mais

Por volta dos treze anos, algo acontece no cérebro de uma criança – ele começa a fazer perguntas. “Por que eu tenho que ir para a cama às 20h00? Por que as palavras têm significado? Deus criou o mal?” As conexões são feitas e ele começa a juntar idéias que antes eram apenas uma confusão de informações. Sua cabeça está convertendo de um depósito de armazenamento desorganizado em um armazém de informações organizado. Ele pode chegar a algumas conclusões lógicas que podem assustar os adultos.

Eu acho que a chave para ensinar lógica aos jovens alunos estudantes são os materiais que você usa. Na academia profissional, a lógica é considerada um assunto de faculdade e as crianças são consideradas jovens demais para aprender a lógica. Mas eu acho que as crianças podem usar habilidades de raciocínio lógico, e quanto mais cedo sua mente for treinada para raciocinar, melhor elas estarão equipadas para estudar outros assuntos e levar uma vida pensativa. Mas os livros de lógica são escritos para estudantes universitários e ninguém esperaria que uma criança aprendesse matemática ou lógica de um livro didático de faculdade. Acredito que as crianças são perfeitamente capazes de aprender a lógica se tiverem materiais que apresentem o assunto ao seu nível.

Curso acadêmico

The Fallacy Detective ensina falácias lógicas e introduz a ideia de uma mente indagadora. Ao passar pelo The Fallacy Detective, você terá uma ideia melhor do que é a lógica. Transitará você para o mundo da lógica ou o ajudará a decidir que você não quer mais estudar a lógica.

O Thinking Toolbox (A caixa de ferramentas do pensamento) desenvolve boas habilidades de pensamento crítico, incluindo como analisar pontos de vista opostos e o método científico. Juntos, The Fallacy Detective e The Thinking Toolbox lhe darão o essencial da lógica prática.

A série de vídeos de lógica introdutória de Nance e Wilson cobre os silogismos categóricos tradicionais de uma perspectiva cristã. Esta série de vídeos mergulhará de cabeça na lógica tradicional aristotélica.

The Art of Reasoning, (A arte da lógica ) de David Kelley, é um livro didático de nível universitário que cobre toda a lógica, incluindo o raciocínio indutivo. Este livro será o mais desafiador, mas também muito gratificante.

Este curso de estudo é apenas a nossa sugestão – você pode modificá-lo para se adequar ao seu cronograma, prioridades e necessidades individuais.

Este curso de estudo é progressivo: cada passo se baseia no anterior. Um aluno novo precisa ser acostumado à lógica, passo a passo, da mesma forma que a matemática é ensinada no ensino fundamental e médio. Eu acho que um aluno teria dificuldade em mergulhar na Lógica Introdutória sem alguma familiaridade anterior com a lógica. Ele pode ter problemas para se ajustar à temperatura mais alta.

Se possível, os pais devem trabalhar com os materiais junto com seus filhos. As crianças podem ficar desencorajadas quando encontram problemas que não conseguem resolver por conta própria. Além disso, os pais muitas vezes precisam aprender a lógica tanto quanto os filhos. Os alunos individuais podem estudar os materiais por si mesmos, mas acredito que haja valor no tempo de discussão em sala de aula.

Conclusão

Algumas pessoas aprendem a lógica e nunca a usam. Seria uma pena definir suas realizações lógicas em uma prateleira, para que seus amigos possam admirá-las. Acho que você descobrirá que a lógica é tão útil quanto saber ler. A lógica me ensinou a pensar, o que pode ser uma tremenda vantagem quando todos os outros não! A lógica não é para intelectuais de elite. É para cristãos comuns como você e eu.

Artigo original: http://bit.ly/2SmsfvY

Traduzido por: Alessandra Martins – mãe Educadora

Artigos Relacionados

Sobre o autor Ver todos os posts Autor do site

Emerson Almeida

Cristão Reformado, membro da Igreja Protestante Reformada em Joinville (SC), casado com Vanessa Almeida e pai do Eric.

9 ComentáriosDeixe um comentário

  • Eu quero muito ensinar lógica para o meu filho porque eu sou péssimo quando o assunto e raciocinar….. Concordo plenamente com o artigo quando diz que na maioria das vezes os pais tem que aprender para ensinar e aí está a magia do homeschool pois queremos passar conhecimento que julgamos importante justamente por na maioria das vezes não o possuirmos,então além de ensinar aos nossos filhos temos que aprender e assim sanamos um defiti da nossa própria aprendizagem. No artigo acima foi citado que o material está em inglês.vcs indicam algum outro que tenha em português??

    • Muito obrigado por suas palavras Wellington 😉 Ainda não temos um material avaliado para área de lógica, mas estamos em busca. Em breve quando este material tiver sido avaliado, comunico por aqui, revisando este artigo.

  • Muito útil as dicas! Meu filho tem 7 anos, e gosta muito de jogos e as vezes acho a lógica dele meio avançada. Essas dicas de livros estão disponíveis onde?
    Um grande abraço!!

  • Excelente artigo! O ensino da lógica é de suma importância. Procuro incentivar também comprando brinquedos que desenvolvam habilidades de lógica.

  • Este artigo nos mostra como o uso da Lógica é necessária no nosso dia a dia.
    Nosso filho tem 5 anos e estamos ensinando lógica a ele a uns 2 anos, através de jogos, aos 3 anos ele jogava dominó muito bem, hoje estamos ensinando o xadrez para ele.
    Vejo que este ensino ajuda muito no raciocínio rápido da matemática.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados devem ser preenchidos *