Mães que Trabalham

Por Andrea G. Schwartz
16 Novembro de 2006

Eu gosto de mães educadoras. Percebo que, para quem me conhece, essa não é uma notícia espantosa. Porém, quanto mais tempo passo com outras mães educadoras que estão despejando suas vidas em seus filhos, mais percebo que as bênçãos de Deus são evidentes no ensino cristão em casa!

Hoje tive a oportunidade de visitar um ministério em andamento que eu comecei há cinco anos e passei o cargo na primavera passada. O Coram Deo Chorus nasceu de um desejo meu de dar à minha filha caçula (a cantora da família) a oportunidade de aprender e desenvolver seus dons musicais. Como se viu, outras famílias estavam interessadas em um programa semelhante e estavam ansiosas para participar. Deus tem um senso de humor interessante, como ele fez (alguém que não era cantor que só cantava debaixo do chuveiro), começar um coral infantil. Ele elaborou todos os detalhes, a ponto de eu conseguir uma jovem graduada e entusiasmada com amor pela música e o desejo de trabalhar em seu campo, disposta a viajar duas horas em transporte público toda quinta-feira para poder ser minha diretora musical. Portanto, não apenas o coral foi uma oportunidade para minha filha crescer, mas também para essa jovem.

Faça Parte da Comunidade Educalar

Após quatro anos completos e dinâmicos, ficou claro para mim que era hora de eu e minha filha seguirmos em frente. Ela havia aprendido muito nesse ambiente, mas precisava de mais desafios musicais. No entanto, eu sabia que Deus queria que eu continuasse o ministério. Não precisei procurar muito para encontrar outra mãe que trabalha em casa, disposta a aceitar o emprego que eu havia criado e preenchido como administradora. A diretora musical amadureceu e se tornou uma professora muito competente e encorajadora e agora também tem um título de Sra. na frente de seu nome. Ela dirige seu próprio carro agora; o ônibus e o trem não fazem mais parte de sua jornada semanal. Não apenas isso, mas há outras mães ainda presentes semana após semana, dispostas a participar e oferecer seu tempo e conhecimento.

Hoje, durante minha visita, fiquei satisfeita ao ver em primeira mão que o coral está em ótimas mãos e muitas melhorias importantes foram feitas. Apenas mostra que nenhum de nós é indispensável! E esse novo sangue geralmente aprimora uma empresa em andamento. Eu compartilho isso porque é importante reafirmar que a educação em casa funciona porque existem mães dedicadas dispostas a fazer funcionar – tanto em suas próprias casas com suas próprias famílias quanto em associação com outras pessoas. Além do mais, muitas dessas mulheres estão voluntariamente assumindo o papel de mentoras para as mães mais novas que são novas no ensino em domiciliar, e a amizade é incrível de se testemunhar.

É bom ser membro de um grupo de elite! O futuro é muito brilhante !!

Tradução:  Alessandra Martins – Mãe Educadora – Membro Equipe Educalar.
Fonte Texto Original: https://chalcedon.edu/blog/working-moms
Fonte Imagem: https://www.pexels.com/pt-br/

Você deseja utilizar, compartilhar, copiar ou distribuir este artigo? Entenda como isso pode ser feito de maneira a respeitar os direitos  atribuídos a ele.
Creative Commons – [CC BY-NC-ND 4.0] – http://bit.ly/CCartigosEducalar

Artigos Relacionados

Sobre o editor(a) Ver todos os posts

Bárbara Beatriz

Cristã, casada e mãe educadora. Tenho desejado mais da vida de Cristo em mim e em minha família. Que Cristo cresça e eu diminua!

4 ComentáriosDeixe um comentário

  • Muitas famílias educadoras são empreendedoras aqui no Brasil também e têm começado projetos que têm abençoado famílias que optaram pela educação domiciliar e até mesmo outras. A própria Educalar é um exemplo disso.

  • Acresito que é possível fazer homeschooling e empreender. Tenho experimentado um pouco disso em minha rotina e tem sido gratificante.

  • Isso nos mostra como somos capazes de fazer e acontecer entendendo e observando esse chamado de Deus quanto a educação dos nossos filhos. Como disse um amigo, com dedicação as coisas funcionam.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados devem ser preenchidos *