O problema da Socialização da Criança

Talvez o ponto mais discutido ou, quiçá, o primeiro a ser levantado quando se fala de educação domiciliar é ‘como fica a socialização da criança‘ que é educada em casa. Essa pergunta vem como se educar em casa fosse trancar seu filho em um quarto e não abrir mais. Às vezes, penso que é como muitos vêm.

Vamos refletir um pouco…quem sabe, de forma breve, possamos ver este questionamento com outros olhos.

Eu até entendo algumas pessoas que têm dúvidas sinceras quanto a educação domiciliar, pessoas assim querem entender para decidir o que seria melhor para seus filhos, contudo, vejo que a grande maioria só está preocupado com discordar, porque foi doutrinado a pensar de uma forma e assim deseja permanecer.

Já ouvi uma pessoa defender a escola tradicional por ter conhecido seu esposo na mesma, como se isso pudesse ser considerado argumento para se colocar seu filho(a) em uma escola tradicional.

Eu entendo que a escola tradicional deve existir, isso por si só gera a possibilidade de escolha da família. Ela poderá escolher entre enviar para escola ou educar em casa. É notório que critérios para esta escolha tão importante deveriam ser definidos, mas isto cada família precisa elencar e colocar como critério para a escolha.

A socialização da criança como conhecemos se dá pelo contato com outras pessoas, sendo elas, crianças e adultos. Este momento acontece tradicionalmente tanto em casa, quanto em outros ambientes, como, igreja, clubes, parques e na também em uma escola.

Segundo o Dicionário On-line de Português (www.dicio.com.br), socializar é …adaptar uma criança à vida em grupo.

Não podemos aqui defender que exclusivamente a escola faz este papel, bem pelo contrário, vejo que na maioria dos casos não existe nenhum esforço para uma adaptação à vida em grupo.

Este fato se comprova com a quantidade absurda de crianças e adolescentes que sofrem bulling no Brasil. Hoje 1 a cada 10 estudantes são vítimas de Bulling segundo a Agência EBC, conforme podemos ler nesta resportagem.

Faça Parte da Comunidade Educalar

Uma criança educada em casa não só tem momentos de adaptação como faz parte do programa que ela se socialize. Isso pode acontecer de muitas maneiras, vou citar algumas opções como exemplo.

    • Aulas extra (atividade física, línguas, música);
    • Visita à museus e parques;
    • Viagens;
    • E o próprio convívio diário com a família, que tem rotinas definidas durante todo o dia e semana.

Aos pais deixo este versículo para meditação:

‘Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele!’ Provérbios 22.6

Não deixe questionamentos sem fundamento colocarem à prova sua vontade de educar suas crianças. Estude e procure as respostas que você precisa.

A melhor maneira de socializar seu filho é em família, com seus pais e irmãos. O laço familiar e uma estrutura sólida farão muito por nossos filhos.

Você deseja utilizar, compartilhar, copiar ou distribuir este artigo? Entenda como isso pode ser feito de maneira a respeitar os direitos  atribuídos a ele.
Creative Commons – [CC BY-NC-ND 4.0] – http://bit.ly/CCartigosEducalar

Artigos Relacionados

Sobre o editor(a) Ver todos os posts Autor do site

Emerson Almeida

Cristão Reformado, mora em Joinville (SC), casado com Vanessa Almeida e pai do Eric.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados devem ser preenchidos *