Como Entreter Crianças Pequenas

Primeiramente, quero deixar claro que esse artigo não é para impor alguma regra a você, pai ou mãe. Não é um texto para dizer que você está errado porque assiste televisão ou deixa o seu filho mexer no celular. Este artigo tem o objetivo de apresentar opções mais saudáveis para entreter seus filhos, entendendo, certamente, que os pais devem fazer o que consideram melhor para a vida dos seus filhos.

Bom, nós sabemos como é difícil entreter crianças pequenas. A cada cinco minutos, parecem estar em busca de coisas diferentes para fazer! São pequenos exploradores! Se estão muito quietinhas, ou estão aprontando ou estão doentes! Tenho uma filha de 2 anos e 7 meses, sei como é difícil mantê-la ocupada com algo específico e saudável, longe das telas. Por falar nisso, nós não tiramos a televisão cem por cento aqui em casa, mas colocamos limites quanto ao tempo de uso e escolhemos os programas que consideramos de bom conteúdo para ela. Quanto ao celular, nós realmente não permitimos que ela utilize.

Ocupar a mente da nossa pequena tem sido um grande desafio, e creio que não sou só eu que tenho essa dificuldade. Porém, diante desse desafio, encontrei atividades para aplicar em casa com ela. São atividades simples, que eu já poderia ter implementado antes, mas por comodismo, acabava sempre optando pelo caminho mais fácil. Mas sempre é tempo de aprender e fazer melhor! Então, comecei a colocar algumas atividades em prática para afastá-la aos poucos da TV e estão dando certo por aqui! Espero que a minha experiência ajude vocês também! Vamos lá?

1- Observe a criança e perceba o que ela realmente gosta.

Isso envolve testes. Ofereça diversos tipos de objetos, mesmo que a criança não tenha um acervo grande de brinquedos. Eles costumam se interessar mais por objetos que fazem parte da rotina da casa, como, por exemplo, potes, talheres, panelas, do que por seus próprios brinquedos. Identificar os interesses do seu filho irá ajudar você a ser criativo na hora de escolher uma brincadeira ou atividade. Samantha (minha filha) ama água. Então, eu pego um balde, coloco um pouco de água e ela se distrai dando banho nos seus bonequinhos. Outra coisa que ela ama é pegar um banquinho e ficar do meu lado na pia. Faz uma baguncinha, mas vale a pena relevar (às vezes, é difícil, mas estou tentando). Se o seu filho gosta de massinha de modelar, você pode fazer uma receita caseira de massinha. Chame-o para ajudar a prepará-la! Se ele gosta de desenhar e pintar, você pode deixar lápis de cor, canetinha e giz ao alcance dele, etc.

Artes da Samantha

2- Inclua o seu filho nas suas tarefas diárias.

Devemos tomar cuidado para que nossos afazeres domésticos não nos tirem a atenção de nossos filhos. Por isso, é uma boa ideia organizar um cronograma de limpeza, para que não precise nem limpar a casa de forma superficial todos os dias, nem se sufocar com o serviço doméstico. Às vezes, ficamos tão atoladas com as tarefas do lar que deixamos de aproveitar a companhia dos nossos filhos enquanto ainda são pequeninos. Então, é bom estar junto deles enquanto trabalhamos no serviço da casa. Quando você for lavar roupa, por exemplo, leve o seu filho junto com você! Quando for lavar louça, limpar a casa, fazer um bolo, etc, inclua-o e estimule-o a ajudar a realizar aquela tarefa. Aproveite cada oportunidade para ensinar conceitos importantes. Por exemplo, hoje fiz um bolo de cenoura e a Samantha colocou os ingredientes dentro do liquidificador. Pude ensiná-la sobre os conceitos de “dentro e fora”, noções de quantidade dos ingredientes, etc. Crianças pequenas amam participar dessas pequenas tarefas do dia a dia! Eles se sentem muito importantes!

3- Leve-o para passear!

Confesso que, nesse ponto, preciso melhorar. Há pouco tempo, fui passear com minha filha no parquinho. Próximo de casa, temos um CEU das Artes. Tem aulas gratuitas de vários tipos de artes e também de alguns esportes. Descobri que lá tem uma biblioteca! Fiquei muito feliz e surpresa! Às vezes, podemos encontrar lugares bem bacanas em nosso bairro. Se você mora em uma cidade histórica como eu, que privilégio! Geralmente, são cidades ricas culturalmente, e possuem muita beleza a ser explorada! Bibliotecas, museus, parques, teatro, pracinhas, são sempre boas opções para um passeio em família! Que tal descobrir lugares assim em seu bairro ou cidade?

4- Última dica, muito importante: Deixe livros espalhados pela casa.

Em cima do sofá, do rack, da mesa, da cama, em todos os lugares que seu filho gosta de estar. Ler livros ajudá-los na prática do silêncio, acalma-os, ajuda-os a desenvolver a concentração e a atenção. Muitas vezes estou lavando louça e minha filha está quietinha… chego a pensar que ela está aprontando, mas quando a encontro, ela está sentada no sofá, folheando um gibi, e permanece ali, por um bom tempo.

Bom, espero ter ajudado você de alguma forma a ter ideias no seu dia a dia. Oro para que o Senhor Jesus Cristo seja a nossa vida e primazia e que possamos passar bons exemplos aos nossos filhos. E você, o que tem feito para ajudar o seu pequeno a se entreter de maneira saudável?

Fique a vontade para deixar seus comentários e compartilhar nossos artigos nas suas redes sociais.

Um Abraço!

Fonte Texto: Barbara Beatriz – Mãe Educadora – Equipe Educalar.
Revisão do Texto:  Jemima Ribeiro – Mãe Educadora – Equipe Educalar.
Fonte Imagem:  http://Pexels.com

Você deseja utilizar, compartilhar, copiar ou distribuir este artigo? Entenda como isso pode ser feito de maneira a respeitar os direitos  atribuídos a ele.
Creative Commons – [CC BY-NC-ND 4.0] – http://bit.ly/CCartigosEducalar

Artigos Relacionados

Sobre o editor(a) Ver todos os posts

Bárbara Beatriz

Cristã, casada e mãe educadora. Tenho desejado mais da vida de Cristo em mim e em minha família. Que Cristo cresça e eu diminua!

5 ComentáriosDeixe um comentário

  • Artigo super importante. Em nossos dias sempre optamos pelo mais fácil, e os pais para verem seus filhos quietos acabam entregando o celular às crianças que muitas vezes passam o dia assistindo.

    • Fico feliz por ver o comentário de um papai!:-)
      Deus abençoe e que o Senhor nos ajude a escolhermos a melhor maneira
      de ocupar o dia de nossos filhos.

  • O meu filho menor brinca bastante sozinho. Mas por vezes são exatamente essas três coisas que ele faz sozinho: carrinhos (ele ama!!), ajudar a fazer as coisas (arrumar lava louça, juntar brinquedos, “varrer” sujeira) e olhar livros e enciclopédias de figuras.
    Muito boas instruções!

  • Que dicas preciosas! Tenho três filhos, apenas um ainda é pequeno, vai completar três anos em março. Realmente é um desafio conseguir conciliar todas as suas demandas à rotina da casa, mas graças a Deus temos conseguido e aprendido muito com as dicas da Educalar.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados devem ser preenchidos *