Alfabetizando de Maneira Leve

Por Dani Gava
Setembro de 2020

Gostaria de compartilhar com vocês um pouco sobre a oportunidade maravilhosa que Deus tem me concedido de alfabetizar meu filho caçula, Davi. Decidimos pelo homeschooling em 2019, mas tiramos as crianças da escola somente no final deste mesmo ano (a Giovana concluiu o 8º ano, o Lucas concluiu o 6º ano e o Davi concluiu o ensino infantil). Desde então temos experimentado mudanças maravilhosas em relação aos três, mas hoje me dedicarei a contar um pouco da minha experiência com o Davi.

Faça Parte da Comunidade EducalarPrimeiro preciso dizer que não sou pedagoga. Cursei Educação Física (ensino superior), mas não tive oportunidade de concluir o curso. Sou cristã, esposa, mãe e administradora do lar. Eu amo a missão dada por Deus a mim!

Quando meu esposo e eu decidimos pelo ensino domiciliar, confesso que o sentimento de incapacidade invadiu meu coração, mas uma coisa muito importante eu aprendi nesse processo: Quanto mais conhecimento, mais segurança e tranquilidade. Nisso a Educalar tem sido maravilhosa, com cursos, indicação de livros, conselhos, etc.

Aprender sobre o método fônico foi fundamental, mas a leitura dos livros “Ensinando o Trivium” (volume 1 e 2) me acalmaram o coração, me deram segurança do quê, como e quando fazer, e mais do que isso, “incendiaram” meu coração com uma paixão pela educação que eu nunca tinha experimentado.

Comecei a alfabetização do Davi no início de 2020. Ele ainda não sabia todos os “nomes das letras” do alfabeto e muito menos os seus sons (a escola em que ele estudava não utilizava o método fônico). 

Hoje, com pouco mais de 7 meses estudando em casa, ele já faz seu devocional sozinho, lendo em sua própria bíblia (com letras minúsculas), participa do culto familiar lendo alguns versículos em voz alta e já leu sozinho mais ou menos 17 livrinhos infantis (“A lebre e a tartaruga”, “O rato do campo e o rato da cidade”, “Peter Pan”, etc).

É emocionante acompanhar o desenvolvimento dele dia a dia. Além disso, nossos laços aumentaram ainda mais. Noutro dia, nosso momento de estudo estava tão gostoso que paramos, nos olhamos um pouco emocionados e eu disse a ele “Filho, eu amo ser a sua professora” e ele me abraçou bem forte e disse “eu amo que você seja minha professora”!!!

Bem, se você é como eu, deve estar querendo saber detalhes do quê e como fiz com o Davi!

Vou compartilhar um pouco de como foi nossa rotina até chegar aqui. Quero lembrar que nossos filhos não são “bolinhos” – não é só seguir a receita que vai dar tudo certo – Sabemos que as coisas não são assim. Mas além do estudo e da leitura, conhecer as experiências de outros têm me ajudado, e acredito que as minhas, de alguma forma, poderão ajudar alguém também.

Posso afirmar que a educação domiciliar nos dá ainda mais possibilidade de conhecermos nossos filhos e nos impele a pedirmos criatividade a Deus para fazer o melhor para cada um deles!

Com o Davi, tenho agido assim…

Tirei toda pressão de sobre mim, para não despejar em cima dele;

Nos primeiros 3 meses só brincamos…

Com canções que ensinam os sons das letras;
Fiz gincanas com o alfabeto móvel, sempre reforçando os sons das letras;
Fiz alguns jogos divertidos e coloridos.

Após esses 3 meses…

Tenho sempre lido a Bíblia e livros de estórias para ele;
Colocamos à disposição dele: lego, papelão, tintas, massinha, argila, cola, tesoura, fita crepe, barbante e, principalmente, tempo livre (quero dizer tempo longe das telas) para brincar, criar e especialmente desenvolver coordenação motora;
Quando ele aprendeu completamente os sons de todas as letras, começamos a brincar de juntar os sons das vogais entre si e depois das consoantes com as vogais e descobrir novos sons. Com o tempo ele mesmo começou a juntar sozinho na hora da leitura e ficou maravilhado por descobrir as palavras;
A partir deste momento começamos a seguir uma rotina mais estruturada de estudo, seguindo o material do Mackenzie do 1 ano;
Comprei vários livrinhos pequenos (bem simples) para ele começar participar do momento de leitura da casa. Nesse “momento da leitura”, fazemos assim: colocamos uma música instrumental na sala e cada um pega seu livro para ler. No começo ele lia uma página do seu livrinho por dia, hoje ele lê um livrinho inteiro por dia.

Rotina do Davi hoje…

Acordar;
Higiene;
Arrumar a cama;
Fazer devocional;
Café da manha;
Aula de inglês;
Tempo livre;
Almoço;
Alimentar a Cacau (animal de estimação).

Estudo com a mamãe…

Começamos com uma oração, pedindo a ajuda de Deus para nossos estudos;
Trabalhamos os versículos que estamos memorizando (hoje o Davi já fala de cor 17 versículos);
Português (material do Mackenzie);
Matemática (material do Mackenzie);
História (material do Mackenzie).

Após os Estudos….

Tempo livre;
Banho;
Filme (com áudio e legenda em inglês);
Momento da leitura;
Jantar;
Culto familiar;
Leitura em voz alta com o papai (atualmente o papai está lendo a Trilogia Cósmica de C.S. Lewis);
Dormir.

Veja o primeiro vídeo da Trilogia logo abaixo…


Esta coleção vale muito a pena! Leia com seus filhos.

Gosto sempre de enfatizar que a rotina não é para nos aprisionar, é para nos ajudar. Ela nos serve, e não nós a ela. 

Às vezes invertemos algumas coisas aqui em casa. Por exemplo, dia desses meus meninos começaram a construção de um “castelo medieval super complexo”, feito de lego (peças avulsas, não são um kit pronto). Eles estavam tão empolgados criando, montando e se divertindo juntos, que deixei o estudo do Davi para mais tarde. 

O ensino domiciliar traz uma liberdade que precisamos saber aproveitar para não transformar a nossa casa em uma escola. Sempre peço sabedoria a Deus para decidir o quê e quando fazer: quando devo ser mais rígida e quando devo deixar a criatividade fluir, sem abandonar o planejamento.

Eu gostaria de aproveitar a oportunidade para louvar a Deus que tem me concedido tamanho privilégio de educar meus filhos em casa. Eu pensei que seria muito difícil, mas tem sido muito prazeroso para mim!

Texto: Dani Gava – Mãe Educadora
Revisão do Texto: Tércio Bernardes – Pai Educador
Fonte Imagem: Dani Gava – Mãe Educadora

Você deseja utilizar, compartilhar, copiar ou distribuir este artigo? Entenda como isso pode ser feito de maneira a respeitar os direitos  atribuídos a ele.
Creative Commons – [CC BY-NC-ND 4.0] – http://bit.ly/CCartigosEducalar

Artigos Relacionados

Sobre o editor(a) Ver todos os posts

Bárbara Beatriz

Cristã, casada e mãe educadora. Tenho desejado mais da vida de Cristo em mim e em minha família. Que Cristo cresça e eu diminua!

8 ComentáriosDeixe um comentário

  • Quero conhecer sobre a educação domiciliar e postagens contando experiências de outras mães de como iniciou a rotina são muito relevantes. Obrigada por compartilhar.

  • Que legal conhecer um pouco da sua rotina!
    Temos muito a aprender uns com os outros. Também estou alfabetizando meu pequeno e já anotei várias dicas.

    • Fico muito contente em ver que nossos artigos tem ajudado.
      A Dani é muito querida, sempre disposta a nos ajudar. 😉

  • É sempre bom ouvir relatos das experiências de como foi o início da ed domiciliar e como funciona a rotina. Obrigada por compartilhar! Isso nos anima!

  • Maravilhoso texto! Muito bom saber de outras rotinas e experiências. Além de nos ajudar, traz bastante encorajamento.

  • Que lindo!!!! Saber que é possível e ver os resultados com tão pouco tempo me anima e muito, desejo confiar em Deus, assim como vc, para a tomada de cada decisão.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados devem ser preenchidos *