3 Motivos Para Definir Um Método

Por Cynara de Souza
Maio de 2020

Com o crescimento do homeschooling no Brasil, o número de blogs sobre o assunto também tem crescido. Com isso, aumenta-se a quantidade de informação e material disponível, o que tem sido muito benéfico para todas as famílias. E apesar da maioria dos blogs ter diferenças e peculiaridades entre si, nunca vi um só blog que não dê esse conselho: Defina um método antes de começar!

Faça Parte da Comunidade EducalarHoje trarei 3 razões pelos quais acho importante ter uma definição em mente. Esse será o primeiro texto de uma série sobre métodos educacionais. Então aí vai:

#1 Métodos adequados te ajudam a chegar no objetivo familiar

Cada pessoa possui uma cosmovisão, uma mente, uma forma de pensar, um conjunto de valores e princípios que definem o que ela pensa sobre quem é a criança, quem é o mundo e o que é o processo educacional. Da mesma forma são os métodos. 

Se fôssemos definir de uma maneira mais simples, os métodos seriam o como fazer algo, as filosofias seriam o porquê. Esse é um fato que não pode ser negado. Você faz as coisas de acordo com o que acha correto. Por exemplo, acredito que você ache importante que uma casa seja mantida em um grau mínimo de higiene e organização. Essa é uma filosofia ou ideia que você acha correta e que está no seu coração, e por isso você age de acordo com esse princípio. A consequência disso é um método que se alinhe com a sua visão de vida. 

Existem diversas formas de manter essa organização pretendida, existem diversos métodos que podem ser usados. Mas todos eles vão estar de acordo com aquela filosofia primária de que é necessário manter a higiene e organização. É como se a fundação fosse a filosofia, e a casa pudesse ser construída de maneiras diferentes, mas limitadas por aquela fundação, cumprindo o objetivo dela. Da mesma forma é com os métodos educacionais. Se para você é importante que a criança seja um atleta, por algum motivo específico, o método vai incluir atividades esportivas. Se você acredita que o processo de aprendizagem acontece por meio da memorização, o método incluirá isso. Se acredita que memorização atrapalha, o método fará de tudo para não incluir isso.

Isso tudo para explicar que todos os métodos estão sujeitos a uma cosmovisão. Não se pode fugir a esse fato, o que se pode fazer é ser criterioso, conhecer os métodos e saber se eles estão de acordo ou não com o que você crê. Sabendo disso, saiba que é importante escolher métodos que te ajudem a chegar ao objetivo da sua família, assim como a fugir daqueles que teriam efeitos contrários.

#2 A definição de métodos filtra as informações recebidas

Como já falei, a cada dia surgem blogs diferentes sobre educação domiciliar e particularmente acho isso muito positivo. Entretanto, sem uma definição em mente, você pode ficar como uma barata tonta, sem direção, acompanhando diversos materiais que falam coisas distintas entre si. 

Ter uma definição te ajudará a caminhar com pessoas que creem como você, que podem te ajudar no processo de acordo com o que você acredita que é correto  e a ser mais produtivo nas informações recebidas. O que é melhor? Usar duas horas para filtrar apenas metade de informações boas, ou usar uma hora produtiva naquilo que você realmente tem interesse e acha correto? Volume sem qualidade não diz nada! É muito mais produtivo se ater a poucos blogs que te ajudam muito mais do que dez.

Um adendo: mesmo pessoas de métodos diferentes podem ajudar umas às outras, não quero ser radical e dogmática nesse aspecto. Meu objetivo ao falar isso é muito mais o de procurar materiais mais alinhados com o seu objetivo de maneira mais produtiva. Para algumas famílias, isso pode significar seguir apenas pessoas que pensam da mesma forma. Para outras, uma mesclagem será produtiva. Mas de modo geral, seguir uma linha de raciocínio é benéfico para a maioria das famílias.

#3 Definir o método permite um planejamento mais produtivo

Antes de falar sobre isso, quero dizer que produtividade é diferente de atividade. Você pode separar uma semana para se planejar e ter os mesmos resultados de uma pessoa que separou um dia. Nesse caso, você foi mais ativa, mas menos produtiva.

Pensando nisso, acredito que definir métodos ajuda a família a ter um modo adequado para chegar no objetivo final, e isso ajuda a ter mais tranquilidade e mais produtividade na hora de realizar o planejamento familiar. Sabendo o porquê e o como, fazer uma programação vai se tornar uma atividade bem mais tranquila e rápida.

Bem, esses foram os três motivos pelos quais acredito que definir um método é importante. No próximo texto desta série trarei dicas do que levar em consideração ao escolher um método.

Texto: Cynara de Souza – Equipe Educalar
Revisão do Texto: Tércio Bernardes – Pai Educador
Fonte Imagem: pexels.com/pt-br/foto/aprendendo-aprendizado-de-maquina-apresentacao-arte-355948/

Você deseja utilizar, compartilhar, copiar ou distribuir este artigo? Entenda como isso pode ser feito de maneira a respeitar os direitos  atribuídos a ele.
Creative Commons – [CC BY-NC-ND 4.0] – http://bit.ly/CCartigosEducalar

Artigos Relacionados

Sobre o editor(a) Ver todos os posts

Bárbara Beatriz

Cristã, casada e mãe educadora. Tenho desejado mais da vida de Cristo em mim e em minha família. Que Cristo cresça e eu diminua!

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado. Os campos marcados devem ser preenchidos *